15.3.21

Honda lança novo filtro de ar que reduz riscos associados ao vírus SARS-COV-2


Depois de há quase um ano a Honda ter iniciado o seu contributo na luta contra a pandemia de Covid 19, a fabricante japonesa disponibiliza agora um novo filtro de ar para os habitáculos dos seus mais recentes modelos. De acordo com a marca, este novo filtro tem a capacidade de reter "uma vasta gama de germes e bactérias, alérgenos e até vírus relacionados com significativos problemas de saúde, incluindo a redução de riscos de infeções associados ao vírus SARS COV-2."

Oferecido pela Honda como uma nova peça sobressalente genuína em alternativa ao filtro de pólen tradicional, o novo filtro de ar foi desenvolvido em cooperação com a alemã Freudenberg, empresa dedicada a tecnologias de filtragem de ar e líquidos, com o objetivo de oferecer uma proteção ativa através da redução da concentração de aerossóis virais.

De forma a reduzir o risco de infeções e a concentração de aerossóis no habitáculo do veículo, é recomendado que se aumente o fornecimento de ar fresco (de preferência, proveniente diretamente do exterior). A remoção de vírus do ar, em modo de recirculação através da ventilação forçada, depende grandemente da eficácia do sistema de filtragem e da taxa da troca de ar.

Vírus do grupo Coronavírus são transmitidos através de gotículas expelidas através de espirros, tosse ou da respiração de quem se encontra infetado, e podem permanecer ativos em superfícies durante horas ou dias.

O novo filtro de ar para o habitáculo é composto por um exclusivo filtro em multicamada que, segundo as duas empresas, "filtra, captura e suprime gases ambientais nocivos, bem como partículas e aerossóis inorgânicos e biológicos."
As primeiras duas camadas em microfibras capturam a maior parte dos aerossóis ultrafinos, pó e pólen, uma terceira camada, em carvão ativado, irá absorver poluição prejudicial como partículas e gases ácidos.

As camadas de filtragem de partículas finas oferecem uma proteção melhorada contra transmissões de vírus em comparação com outros filtros padrão, separando gotículas (> 5 μm) mas também aerossóis virais críticos (núcleos de gotículas significativamente menores que 5 μm).

No entanto, é na inovadora quarta camada que reside a última defesa deste novo filtro de ar da Honda. Esta camada biofuncional é revestida com uma substância ativa à base de extrato de fruta (ingrediente ativo Ácido Cítrico CAS-Nr. 77-92-9 e/ou 5949-29-1) que inativa os aerossóis virais capturados e previne que estes sejam devolvidos ao interior do habitáculo. Ao contrário dos biocidas químicos tradicionais (muitos já proibidos ou marcados "para substituição"), a substância ativa do extrato de fruta usado encontra-se em conformidade com a mais recente regulamentação europeia de produtos biocidas.
De acordo com o comunicado da Honda, estes resultados "foram conclusivamente provados por uma exaustiva série de testes conduzidos em colaboração com o Instituto de Pesquisa Austríaco OFI."

Com estes pressupostos comprovados, a tecnológica alemã alega que o novo filtro de ar de habitáculos consegue reter mais de 90% dos aerossóis virais. E, em conjunto com a inovadora camada biofuncional, poderá inativar quase 100% da carga viral, proporcionando uma das melhores proteções disponíveis no mercado.

O novo filtro premium da Honda está disponível para todos os modelos recentes e poderá ser fornecido e montado na rede de concessionários da marca.




Fonte: Honda

Back To Top