18.11.20

Honda Civic 2021 é revelado nos EUA


A Honda norte-americana revelou hoje a nova geração do Civic através de um rápido vídeo transmitido na plataforma online Twitch. O protótipo prevê como será a nova gama Civic, a qual tem o seu lançamento  previsto para o final da primavera de 2021 nos EUA, começando pelo sedan, seguindo-se o hatchback, a versão Si e a Type R.

A nova geração do Civic surgiu na versão sedan com numa nova cor, Solar Flare Pearl, e com um visual completamente renovado, que de acordo com a marca é inspirado em variados elementos de design que acompanham os modelos da Honda ao longo dos tempos, tais como o posicionamento baixo e largo da carroçaria, e um habitáculo espaçoso.

A 11ª geração do Civic apresentará um novo chassis mais desportivo e rígido, trará motorizações mais potentes e eficientes a nível de consumos e performance, novos progressos na segurança e estreará novas tecnologias.
A nova estrutura da carroçaria contribuirá para o refinamento e maior qualidade da condução, e para o comportamento desportivo do modelo.

Ao redesenharem o novo Civic, os designers focaram-se na filosofia centrada no ser humano "Homem-Máximo, Máquina-Mínimo" (M/M) da marca, onde o propósito da tecnologia e do design é servir as necessidades do condutor e passageiros.

Começando pelo fundamental, a equipa deu ao novo Civic uma forma dinâmica e desportiva, herdando a baixa altura do modelo e a baixa posição de condução (h-point, ponto de anca) da atual geração, um capô e pára-choques rebaixados, e uma baixa linha de janelas, acentuando o posicionamento baixo da carroçaria, as jantes e pneus.


Esta configuração, juntamente com as substanciais mudanças ao design da parte superior da carroçaria, permitiu um habitáculo espaçoso e arejado com uma excelente visibilidade para exterior, tanto para o condutor como para os restantes passageiros. Foram alteradas as posições dos pilares frontais do tejadilho e dos espelhos retrovisores, sendo que os primeiros foram movidos um pouco mais para trás relativamente ao condutor, estando agora mais na área periférica da visão, e os últimos deslocados para as portas para uma visão mais clara através dos vidros laterais.

A nova cara do Civic destaca a horizontalidade através de elementos de desenho horizontal por todo o carro, de forma a enfatizar o visual largo e rebaixado. Na frente, o conjunto faróis, grelhas central e inferior, e perfis de delineamento das "aberturas" laterais nos pára-choques, na lateral, o alongamento do capô, a linha C que liga a frente aos farolins e o vinco inferior (linha R) nas portas que segue para o pára-choques traseiro e termina nos refletores, onde também os farolins adotam uma forma horizontal e a tampa da bagageira termina num ligeiro pronunciamento aerodinâmico que evidencia a horizontalidade, terminando na linha inferior do pára-choques traseiro que liga as duas ponteiras de escape em cada canto.

O interior também foi alvo de transformação generalizada baseada na filosofia M/M e indo de encontro aos interiores de anteriores gerações do modelo, estando agora mais limpa e menos fragmentada, mas incorporando elementos de design moderno e novas tecnologias.
O painel de instrumentos totalmente digital ficou menos repartido, dando ao condutor uma visão mais limpa e clara, e um friso em malha favo-de-mel percorre todo o tablier e oculta visualmente os ventiladores. Centralmente posicionado estará o novo ecrã tátil de 9" full-HD com o botão de controlo físico.


A nova geração do Civic trará novos sistemas de segurança ativa e passiva, incluindo as tecnologias do pacote Honda Sensing® e novos airbags. O novo Civic incorporará ainda a nova versão da estrutura da carroçaria ACE™ (Engenharia Avançada de Compatibilidade) com melhoramentos ao nível da proteção dos ocupantes e pedestres.

A 11ª geração do Honda Civic continuará a ser produzida nos EUA, incluindo, pela primeira vez, a produção do hatchback.

Por confirmar ficou se o design agora revelado para a nova geração será idêntico noutros mercados mundiais ou se, tal como já aconteceu no passado, haverá diferenças significativas em todas ou algumas versões.

Nos EUA, o novo Civic pretende prosseguir com o legado de sucesso das anteriores gerações que contam com quase 12 milhões de unidades vendidas no país desde a sua introdução no mercado em 1973. De acordo com a marca, a 10ª geração tem sido um dos casos de sucesso mais recentes, com mais de 1.5 milhões de proprietários no país desde o seu lançamento em 2015, ultrapassado qualquer carro de passageiros nos EUA. Esta geração é também o modelo de eleição para os "Millennial" e para a geração Z há 4 anos consecutivos.




Fonte: Honda


Artigo seguinte
Este é o artigo mais recente
Mensagem antiga
Back To Top